Category Archives: Poema Longo/Longer Poem

Rio de Vertentes

De muitas fontes no tempo se fez o rio barrento e poluído da modernidade. Suas águas levando no bojo o belo, o feio, as fezes, o sangue, o suor, as lágrimas, os feitos e as belezas das civilizações por onde correu, … Continue reading

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Poema Longo/Longer Poem, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Rio de Vertentes | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Brincar de Amar

Você está em Lá, mas o Lá em Si está aqui, cortando os espaços com este Sol que faz Amar. Minha música inspiradora, venha, me contagie com as palavras de aprender a ser. Me ensine você, quero te aprender, poesia … Continue reading

Rate this:

Posted in Brincar de Amar, Made in Canada/Feito no Canadá, Poema Longo/Longer Poem, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Balada Noturna

Perdido na busca por sentido rumino no coração o amor agora ido. Sentado nesta gaiola, sem barras nem portinhola, sigo calado, criando, nos ritmos do teclado, a música das palavras.  

Rate this:

Posted in Balada Noturna, Made in Canada/Feito no Canadá, Poema Longo/Longer Poem, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comment