Category Archives: Made in Canada/Feito no Canadá

All Mario’s Poetry and Prose born in Canada. Not necessarily in English or French. A single body of text may mix languages, images and sounds.

Words of the Wind – The Video of the event

Rate this:

Posted in English/Inglês, Jalal Barzanji, Made in Canada/Feito no Canadá, Música/Music, Multilingual, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Poetry Beyond Borders: Words of the Wind – first poetry reading event of Writers Beyond Borders

Poetry Beyond Borders: Words of the Wind

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Multilingual, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia | Tagged , , , , , , , , , , | Leave a comment

Yesterday, Today

First of all, I don’t see the Greeks of the past as something extra-terrestrial. And I believe we are under the control of a Plutocracy. It just became worse and more clear. I see us very connected to the Greek … Continue reading

Rate this:

Posted in Chronicle & Opinion/Opinião e Crônica, English/Inglês, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Prose/Prosa | Leave a comment

Fácil

O fácil é bom O fácil é tudo O fácil é onde eu fico mudo. Você não é fácil Eu não sou fácil Mas O fácil é bom O fácil é tudo O fácil é onde se fica mudo.

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Gira Mundo

O mundo está complexo O mundo está cheio O mundo está complicado O mundo está radioativo O mundo está poluído O mundo está super-populado O mundo está globalizado O mundo está dominado O mundo está vendido O mundo está banalizado … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Disco arranhado não interessa

O nosso amor – não interessa A nossa dor – não interessa O nosso ardor – não interessa A nossa paixão – não interessa O nosso sonho – não interessa O nosso calor – não interessa A nossa vida – … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Rezemos

Não existe o poeta Não existe o sábio Não existe o cientista Não existe o rei Não existe o pai Não existe o filho Não existe a Mãe Não existe o tempo Não existe distância Não existe viver Existe vida … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Repita

O que o saber oferta a filosofia especula a massa opina o calado esquiva o tempo mente a mente evita o espaço curva o corpo recua o relógio gira a sala vazia o vazio ocupa o senhorio demanda o dinheiro encanta … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Além Dor

…e da textura nuda que a vaga inventa teço rendas com a palavra dor e das vagas recolho em doce labor o que o dia alenta o terso sabor que a mente inventa teço em lendas às quais me dou tomo … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

O fogo dos possuídos

Toda a poesia de um ato pára o tempo erradica a distância gera e revela verdade consagrada de existência. Aquele que se queima na chama da poesia enxerga o gerar e o decair a luz e a escuridão e tudo que … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Todo Caminhar

Todo caminhar só leva ao coração de mim aonde eu vou ele é o mar que nunca me deixa ou ignora onde sempre ao final me deito e à sua orla descanso meu silêncio diluído ao compassar de suas ondas.

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Sereno da Noite

Sereno da noite, caído do céu. Véu tão fino ao toque se perde.

Rate this:

Posted in Haiku/Haikai, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Livre Pensar

Enquanto viver quero ser sempre um livre pensador.

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Short-poem/Poema-curto | Leave a comment

A prisão do Pássaro da Liberdade é o coração dos homens

Das sagas guerreiras nasceu a poesia heróica de Homero. De Hesíodo, a poesia dos trabalhos e os dias, o nascimento do Cosmos, a Teogonia. Uma civilização imortal fundada na poesia do ato e da palavra, e de todas as aretes que desde … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Portuguese/Português | Leave a comment

Metamorfose

Morfando da antiga vida de gado para a vida de inseto; visando eliminação de custo emocional e obtenção de total indiferença como os benefícios imediatos e duradouros. Só falta agora desenvolver exoesqueletos e reduzir o cérebro às operações básicas de existência via engenharia genética. … Continue reading

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Poetic Prose/Prosa Poética, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Diz-me o teu nome by Maria do Rosário Pedreira

“Diz-me o teu nome – agora, que perdi quase tudo, um nome pode ser o princípio de alguma coisa. Escreve-o na minha mão com os teus dedos – como as poeiras se escrevem, irrequietas, nos caminhos e os lobos mancham … Continue reading

Rate this:

Posted in Longer Poem/Poema Longo, Maria do Rosário Pedreira, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Translation English, Portuguese/Tradução inglês, português | Leave a comment

Lost Tears

I cry for the children, for their shooters, for the parents, for the ones shocked with the News not so new, for the ones mad in anger and willing to kill, for the indifferent, for the happies no matter what, … Continue reading

Rate this:

Posted in English/Inglês, Lost Tear, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

At Wal-mart

Sitting on a bench at Wal-Mart/practicing my most recent acquisition from life/an empty mind void of any profound thoughts/In the middle of a long aisle/comes from the other side, unnoticed/a lady working there/and older lady passing by/pushing a wheeled plastic … Continue reading

Rate this:

Posted in At Walmart, English/Inglês, Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Esquecimento

Somos leves. Levados pelo ar somos neve, que dissolve ao calor da pele; somos memórias do que não fomos, vivendo por trás de máscaras; somos o amor que sonhamos na verdade que repelimos; somos o silêncio dos que calaram antes … Continue reading

Rate this:

Posted in Esquecimento, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetic Prose/Prosa Poética, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Sacolão

Como um sacolão, tenho de tudo um pouco, os legumes que sabem os gostos da Terra, as verduras que bebem o azul do ar, os raios do sol no arco-íris.

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Sacolão, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Areia do Deserto

Sou a areia do deserto escaldante que recebe a gota d’água. Acendo uma primavera na alma na estação mais seca.

Rate this:

Posted in Areia do Deserto, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

O que me inquieta?

O que me inquieta? O que não sei senão através dos balbucios que escuto dentro e fora de mim; o que sei mas não é suficiente pra mudar sequer meu mundo; o mundo que invade tsunâmico os meus sensos, o … Continue reading

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, O que me inquieta?, Poetic Prose/Prosa Poética, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Calmarias

Navego a elegia, o haikai, o fluxo da consciência, a modernidade do cotidiano, o poema-segundo, o concreto, a prosa, o versículo da fonte mística, o oráculo; procuro no escuro, na câmera, na existência, no Tao, no clássico, nas ideologias libertárias, … Continue reading

Rate this:

Posted in Calmarias, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetic Prose/Prosa Poética, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Navegar é preciso; viver não é preciso

“Navegar é preciso; viver não é preciso”. Há um pouco de história sobre esta frase. “Navigare necesse; vivere non est necesse” – latim, frase de Pompeu, general romano, 106-48 aC., dita aos marinheiros, amedrontados, que recusavam viajar durante a guerra, cf. Plutarco, in Vida … Continue reading

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Leave a comment

Strip Trees

The stripped trees keep their branches raised to the sky, their images cut in the twilight, reveal the shape of their wholeness against the indigo blue background they lean upon, like upside down brooms, they stay still until Spring comes to … Continue reading

Rate this:

Posted in English/Inglês, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Short-poem/Poema-curto, Strip Trees | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Água Corrente

Sem perfeição, sem estado final, sem acabamento, sem promessa, sem equilíbrio, sem luz própria, sem comentários, sem centavo, sem estatura, sem linha, sem vergonha, sem rumo, sem futuro, sem saber, sem papel, sem função, sem gosto, sem forma final,  sem … Continue reading

Rate this:

Posted in Água Corrente, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Late Spring for the freshly dead

From the silent grave I can still hear the seeds of life awakening the late Spring; It overwhelms the heart listening the rhythmic dripping of icicles and guessing the sun cutting through the pines to meet the fresh moss – … Continue reading

Rate this:

Posted in English/Inglês, Late Spring for the freshly dead, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Ensaiando Pierrot em seu final

Esta noite te deixo meu coração… Deixo o calor de minha vida como lembrança, inscrito em tua pele. Deixo o Amor… Deixo o silêncio das estrelas… deixo a paz que brilha nos olhares dos que amam, deixo vivas,  palavras em teus ouvidos, e a inocência da … Continue reading

Rate this:

Posted in Ensaiando Pierrot em seu final, Longer Poem/Poema Longo, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Nebula

Cavaleiro andante na sarça ardente das nebulosas, coleto o pó de estrelas, o espectro da luz, a curvatura do tempo; deixo no gris da vida insossa salpicos de paraíso, folhas de outono lavadas na transparência rápida do riacho que teima … Continue reading

Rate this:

Posted in Made in Canada/Feito no Canadá, Nebula, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment

Leveza

Uma pena pousa sobre o gelo e voeja com o vento.

Rate this:

Posted in Leveza, Made in Canada/Feito no Canadá, Poetry & Prose/Poesia & Prosa, Poetry/Poesia, Portuguese/Português, Short-poem/Poema-curto | Tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Leave a comment